Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Quinta-feira, 11.08.11

Coimbra: Incêndio Destruiu Armazéns e Matou Animais em Trouxemil




FUMO INTENSO ALARMOU COIMBRA DURANTE A TARDE

Foi intenso o cheiro a fumo sentido durante toda a tarde e início de noite de ontem no concelho de Coimbra. Foram também muitos os telefonemas para a redacção do Diário de Coimbra a questionar sobre a origem do incêndio responsável por este cheiro (e também por várias colunas de fumo) espalhadas pela cidade. No entanto, em Coimbra, o que se sentiu foram os efeitos de vários focos de incêndios, combatidos, ontem, em concelhos (Lousã) e também em distritos vizinhos (Aveiro) – ver texto nesta edição.
Três frentes de fogo na Serra da Lousã
O incêndio começou na Senhora da Piedade, Tábuas, concelho de Miranda do Corvo, e rapidamente progrediu em direcção à serra. Ontem já depois das 23h00, eram três as frentes de fogo. «A serra está a arder», dizia ao Diário de Coimbra o comandante Fernando Jorge, dos Bombeiros de Miranda do Corvo, que superintendia as operações no terreno.
 
O alerta para o fogo foi dado às 21h20 e rapidamente foram mobilizados para o local todos os meios disponíveis. Numa zona com «acessos difíceis», como constatava o comandante Fernando Jorge, e numa franja florestal bastante intensa, o fogo depressa dominou, com três frentes, «cada uma com cerca de três quilómetros», dizia ainda aquele responsável, sublinhando a «grande intensidade» das chamas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 10:52


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  





Tags

mais tags