Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Domingo, 19.08.12

Açores: como agir antes e depois do furacão Gordon


Proteção Civil e Bombeiros dos Açores lançaram hoje um alerta para que a população reforce as medidas de segurança. Além da previsão de precipitação intensa, ventos fortes e trovoada, a ondulação marítima pode chegar aos 16 metros. 


O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores lançaram hoje um alerta para que a população tome medidas de segurança, antes e durante a passagem do furacão Gordon pelo arquipélago.

O furacão, que se formou no sábado, entrou cerca das 10h locais (11h em Lisboa) sobre a zona marítima dos Açores como categoria II, numa escala crescente até V, movendo-se para este a 35 quilómetros por hora.

O Gordon deverá aproximar-se das ilhas orientais (São Miguel e Santa Maria) às 6h locais (7hem Lisboa) na segunda-feira, de acordo com centro norte-americano de furacões, citado pela agência AP.

Medidas que deve tomar


A Proteção Civil recomenda, num comunicado, que a população das ilhas que serão atingidas pelo furacão reforce os telhados, portas e janelas e desobstrua o sistema de drenagem à volta de casa, como medidas de prevenção.

Antes do furacão atingir os Açores, a população deve ainda guardar todo o equipamento solto no jardim, acautelar os animais e as alfaias agrícolas e ancorar os barcos ou colocá-los numa área mais segura. 

Durante a intempérie, a Proteção Civil aconselha a população a manter a calma e acalmar os outros e a seguir as instruções transmitidas pela comunicação social, acrescentando que as pessoas não devem sair de casa, a não ser numa situação de absoluta necessidade, e em caso de se encontrarem fora de casa, devem procurar abrigo imediatamente. 
Intensidade do furacão pode diminuir


Os meteorologistas disseram que esperam que o Gordon enfraqueça um pouco hoje, mas que ainda deverá ser um furacão quando passar no grupo oriental do arquipélago português. 

O centro de previsões de Miami disse ainda que grandes ondas podem atingir as ilhas dos grupos oriental e central dos Açores já hoje à tarde e que fortes chuvas são esperadas. 

Para o final do dia de hoje, o Instituto de Meteorologia (IM) colocou sob aviso vermelho - o máximo - o grupo oriental dos Açores, para onde prevê, para a ilha de S. Miguel, ventos médios de 90 quilómetros por hora, com rajadas entre 120 e 130 quilómetros por hora. 

Para a ilha de S. Maria aguarda-se ventos médios de 130 quilómetros por hora, com rajadas até 160 quilómetros por hora. 

Além da precipitação intensa e trovoada, o IM estima que a ondulação chegue varie entre os 14 e os 16 metros. 

Fonte: Expresso

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 13:19



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031




Tags

mais tags