Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Terça-feira, 07.02.12

Frio: Número de mortos na Europa ultrapassa os 450

Mais de 450 pessoas morreram, até ao momento, na sequência da vaga de frio polar que está a afectar há vários dias a Europa, sobretudo a região este do continente.

De acordo com as mais recentes previsões meteorológicas, as baixas temperaturas irão manter-se pelo menos até à próxima semana.

A Ucrânia é o país mais afectado, com um balanço oficial de 136 mortos. Até ao final da semana, as temperaturas deverão novamente descer até aos 30 graus negativos no território ucraniano, segundo os serviços meteorológicos locais.

Na Polónia, o número de vítimas mortais por hipotermia subiu para 68, das quais seis foram registadas nas últimas 24 horas.

A maior parte das vítimas são pessoas que vivem na rua, muitas com problemas de alcoolismo.

A vaga de frio também aumentou o número de incêndios dentro de habitações, a maioria provocados por sistemas de aquecimento com pouca segurança. Desde segunda-feira já morreram na Polónia 50 pessoas por asfixia e intoxicações por monóxido de carbono.

Na República Checa pelo menos 24 pessoas morreram na sequência das baixas temperaturas, contudo, as autoridades checas ainda não divulgaram um balanço oficial das vítimas.

Também a Roménia está paralisada devido ao frio. As escolas em Bucareste e em outros 11 departamentos permanecem fechadas, os comboios estão paralisados e a circulação em cerca de 40 estradas nacionais está fechada. No território romeno, os mortos são já 36.

Bulgária, Bósnia, Sérvia, Croácia, Montenegro, Macedónia, Hungria, Letónia e Lituânia são outros dos países afectados pela vaga de frio polar, com registo de vítimas mortais, mas também com milhares de pessoas isoladas por causa da neve que continua a cair de forma abundante.

Na Alemanha, o frio já matou quatro pessoas.

A neve começou hoje a cair em todo o território austríaco, provocando perturbações no tráfego rodoviário e vários atrasos no aeroporto de Viena. As baixas temperaturas sentidas na Áustria fizeram, até ao momento, quatro mortos.

Em França, a região este do país contínua em estado de alerta. As autoridades francesas anunciaram hoje que o país registou um pico de consumo de energia histórico e apelaram para um maior racionamento na utilização de aquecimentos. Pelo menos seis pessoas já morreram no território francês devido ao mau tempo.

Em Inglaterra, os serviços meteorológicos prevêem novas quedas de neve e as temperaturas poderão descer até aos 10 graus negativos durante a noite.

O Governo italiano convocou para hoje uma reunião de urgência para garantir o fornecimento e gás nas zonas mais vulneráveis do país, numa altura em que a neve chegou à Sicília.

Em Itália, o balanço de vítimas mortais aumentou nas últimas horas para 26. Na região norte do país, as temperaturas atingiram os 25 graus negativos.

Em Portugal, as temperaturas vão voltar a baixar muito a partir de amanhã influenciadas por uma massa de ar frio árctica.

Segundo avançou o Instituto de Meteorologia, o novo episódio de frio intenso vai afectar o território continental até sexta-feira, com as temperaturas a descerem entre 6 e 9 graus.

Fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 20:49


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829




Tags

mais tags