Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Domingo, 13.02.11

Bombeiros Querem "Revisão dos Seguros" que Contemple Queimaduras e Outras Situações

A Associação Nacional de Bombeiros Profissionais quer que o novo regime jurídico do sector, actualmente em elaboração pelo Governo, implique uma “revisão e uniformização dos seguros” de trabalho, cujas apólices não incluem, em vários casos, situações de queimaduras.
O presidente da associação, Fernando Curto, disse hoje à Lusa que estão agora a ser desenvolvidos novos contactos com as câmaras, responsáveis pelos bombeiros municipais e pelos regimentos de sapadores, sobre o assunto, já que a proposta do Governo ainda não está totalmente definida.
O objectivo é expor as principais necessidades dos bombeiros profissionais às autarquias e motivá-las a apresentar propostas.
Um dos principais motivos de preocupação é a ocorrência de acidentes em serviços: “Há um desfasamento, não por culpa das câmaras, mas por falta de legislação. Os bombeiros quando se acidentam, não são considerados como tal, segundo a legislação”.
O responsável recordou, por exemplo, que recentemente uma colega que partiu o maxilar e outras partes do corpo durante um combate a um incêndio não conseguiu ver os ferimentos abrangidos pelo seguro e teve de fazer um empréstimo de 10 mil euros.
“Neste momento há bombeiros profissionais de câmaras municipais em que a apólice de seguros não prevê queimaduras. É anedótico e está a contribuir para que haja prejuízos para os bombeiros”, afirmou.
Em cima da mesa estão também, além da assistência médico e medicamentosa, as horas extraordinárias e a aplicação do sistema de avaliação de desempenho da administração pública, assuntos sobre os quais os bombeiros são confrontados com “lacunas” na legislação.

Segundo Fernando Curto, há bombeiros que não são avaliados há quatro ou cinco anos.
O presidente da associação referiu que tem havido “boa receptividade” por parte dos municípios, mas admitiu existir um problema de falta de apoios financeiros e das dotações de que as autarquias dispõem.
“Também temos tido uma boa receptividade do Governo, mas queremos é que haja uma acção rápida e uma aceleração no que diz respeito à legislação”, sublinhou.

in: publico

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 11:59


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728




Tags

mais tags