Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Quinta-feira, 15.09.11

Figueira da Foz: Comandante dos Bombeiros Municipais Afirma que é Preciso “Estabilidade”

Cmdt Jorge Piedade
Muito se tem falado sobre a eventual “junção” dos Bombeiros Municipais e Voluntários, mas em termos operacionais, o comandante da instituição da autarquia terá uma palavra a dizer e Jorge Piedade não tem dúvidas, esta “discussão” «cria instabilidade, muito mais quando se trata de um trabalho de bombeiro profissional cujo ordenado é muito baixo e retirar seja o que for, faz muita falta. E só não perturba mais, porque as pessoas em causa são profissionais e não alimentam polémicas, apesar de custar muito».
 
Aquele responsável, que desde Janeiro assume o comando interinamente, sublinha que as coisas «operacionalmente têm corrido muito bem. Tem havido uma certa coordenação e apesar de termos estatutos e formação diferentes, (os Municipais e Voluntários), devemos trabalhar em conjunto, para não onerar os encargos da autarquia nem da Associação Humanitária». E recorda que se está a falar de «duas corporações centenárias, com pessoal técnico bom, tanto num lado como no outro, que estão a sofrer uma pressão política que não é o nosso princípio».
 
Jorge Piedade entende que «devemos preocuparmo-nos mais com a parte operacional e não com pequenas guerras que vão criar sempre alguns dissabores e divergências quando devemos estar unidos e ter estabilidade, porque o objectivo primário é a segurança da população da Figueira». Sublinhando que esta «é uma questão política e de aproveitamento politico, porque as pessoas nem se preocuparam em ouvir as duas partes, fizeram opinião sem nos ouvir», o comandante salienta que o que mais lhe custa é «focarem este problema como se estivesse tudo resolvido ou se houvesse alguns estudos» sobre a matéria, e adverte que é necessário ter em atenção «os custos e se a junção é os Voluntários irem para Municipais ou vice-versa», recordando ainda que os Voluntários «depois terão de ser ressarcidos. Parte deles (23) já ganham dinheiro, quase tantos como nós e é daí que vem o sustento das suas famílias».
Na prática, realça, «a Câmara deixava de pagar a uns para pagar a outros, mas não há contas feitas. A imagem que se passa é que deixaria de pagar, mas não, vai ter de continuar a pagar honorários, fardamento, viaturas... E o património como seria? Era da Câmara ou dos Voluntários? Dá-me a impressão que seria tudo o que der lucro para os Voluntários e o que dá trabalho para os Municipais».

Jorge Piedade refere-se ainda ao «senhor presidente (dos Bombeiros Voluntários) que fala como se fosse dono de uma firma, mas é uma Associação Humanitária, que tem sócios e a ultima opinião tem de ser através deles». Além de que, em termos operacionais «não há condições nem num quartel, nem no outro, para o elevado número de elementos, para excedermos com condições a nossa função, nem tão pouco para cumprir com as leis de ruído ou libertação de CO2».

E recorda que o novo quartel «foi como se fosse uma bandeira para as eleições», não compreendendo como se pretende agora «abandonar o projecto». «Por 600 mil euros a Câmara fica com um património enorme, em zona nobre, que foi considerado um "exemplo de quartel" pela Autoridade Nacional de Protecção Civil e que resolve um grande problema. Não sei porque não se há-de aproveitar a oportunidade».

Quanto à formação das duas corporações «é idêntica, apesar de nós termos mais formação sobre diversas matérias e os Voluntários terem as pessoas mais vocacionadas para a saúde. O nosso pessoal também tem formação nessa área, mas não trabalha nela diariamente». Mas não deixa de recordar que, os pré-requisitos para ingresso «são diferentes, as progressões têm de ser consonantes com a legislação em vigor, enquanto que nos Voluntários basta ter anos suficientes e abrir concursos e são promovidos muitos mais rapidamente».

fonte: DC

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 23:06


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930




Tags

mais tags