Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Sexta-feira, 14.10.11

ANPC: Quinta-feira foi o dia com mais fogos este ano

Quinta-feira foi o dia com mais incêndios florestais este ano com um total de 418 ocorrências de fogo em 24 horas, de acordo com dados da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC). Os dados estatísticos da ANPC indicam que os 418 incêndios foram combatidos por 4763 bombeiros, apoiados 1322 veículos e com o auxílio de 62 meios aéreos. 
Uma fonte da ANPC disse na segunda-feira que Outubro está a ser o “mês com maior número de ocorrências dos últimos 12 anos”. Domingo tinha sido o dia do ano com mais fogos florestais, 399.

Às 06h30, estavam activos cinco incêndios nos distritos de Viana do Castelo, Aveiro, Vila Real e Porto, sendo o fogo de Felgueira, concelho de Vale de Cambra, distrito de Aveiro, aquele que mobilizava mais meios. Este fogo, que lavra desde as 23h31 de quinta-feira, está a ser combatido por 136 bombeiros, com o apoio de 41 veículos.

O Instituto de Meteorologia (IM) prevê para hoje a continuação de tempo quente com céu limpo e vento fraco e com temperaturas acima dos 30 graus em quase todo o território nacional. Com excepção de alguns concelhos de Évora, Beja, Setúbal e Lisboa, todo o território nacional apresenta hoje um risco máximo, muito elevado e elevado de incêndio.

O risco de incêndio determinado pelo IM engloba cinco níveis, variando entre “reduzido” e “máximo”. O cálculo deste risco é feito com base nos valores observados às 13h00, na temperatura do ar, na humidade relativa, na velocidade do vento e na quantidade de precipitação ocorrida nas últimas 24 horas.

O Governo decidiu na quinta-feira autorizar o reforço do dispositivo de combate a incêndios até 31 de Outubro, prorrogando até esta data o período crítico, no âmbito do Sistema de Defesa da Floresta Contra Incêndios. A ANPC divulgou quinta-feira que determinou o prolongamento do estado de alerta especial nível Amarelo, “considerando as previsões” do IM, que apontam para a continuação de tempo quente e seco com permanência de condições favoráveis à progressão de eventuais incêndios florestais.

Segundo os dados provisórios da Autoridade Florestal Nacional, os incêndios consumiram até 30 de Setembro deste ano 41.964 hectares de floresta, menos 67,5 por cento do que em igual período do ano passado.

O IM prevê para hoje em Portugal continental a continuação de tempo quente com céu limpo e vento fraco. Quanto às temperaturas, em Lisboa prevê-se uma máxima de 32 graus Célsius, em Leiria e Braga 34, em Coimbra, Portalegre, Évora e Beja 33 graus, no Porto 32 e em Faro 29.

Já no que diz respeito à radiação ultravioleta (UV), duas regiões de Portugal, Funchal e Porto Santo, estão hoje com valores altos. No nível alto, o IM aconselha a utilização óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt e protector solar. A radiação ultravioleta pode causar graves prejuízos para a saúde se o nível de UV exceder os limites de segurança, de acordo com informação disponível no site do IM. O índice desta radiação apresenta cinco níveis, entre o baixo e o extremo, consoante o índice que chega ao 11.

Notícia alterada às 11h19 para corrigir o distrito a que pertence Vale de Cambra.
fonte: Publico

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 12:55


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031




Tags

mais tags