Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Terça-feira, 23.08.11

Santarém: Vereador da Proteção Civil Passa Dia no Quartel Para Conhecer Problemas dos Bombeiros Voluntários

O vereador da proteção civil da câmara de Santarém vai passar a terça-feira no quartel dos bombeiros voluntários da cidade para conhecer de perto a realidade da corporação.

Respondendo a um convite feito pelos bombeiros, António Valente vai “instalar” provisoriamente o seu gabinete no quartel dos voluntários de Santarém e acompanhar as situações operacionais que possam ocorrer durante o dia.

“Será uma oportunidade de conhecer melhor o trabalho desta corporação e de valorizar aquilo que fazem diariamente”, disse à agência Lusa o autarca, acrescentando que está disponível para acompanhar de perto alguma situação de emergência que ocorra.

Na agenda de terça-feira estarão também os problemas financeiros da corporação para com a qual a autarquia está atrasada no pagamento de verbas de um protocolo na área da proteção civil.

Segundo disse à agência Lusa o comandante dos bombeiros voluntários de Santarém, Paulo Santos, esta corporação não recebe qualquer verba da autarquia, ao abrigo desse protocolo, há mais de um ano.

Para o vereador António Valente, a questão financeira “é importante mas não é a que mais interessa neste dia”.

Ainda assim, o autarca lembrou que a câmara de Santarém continua a pagar a sua parte da prestação de um empréstimo, que serviu para a construção do novo quartel dos voluntários de Santarém, adiantando que as verbas do protocolo será uma questão que a “câmara irá resolver dentro do possível”.

Na agenda deste dia estará também o relacionamento entre os bombeiros municipais, tutelados pela autarquia, e os bombeiros voluntários.

“Quando cheguei a esta corporação encontrei um clima de costas voltadas entre os bombeiros voluntários e os municipais”, afirmou o comandante Paulo Santos, frisando que esta iniciativa de convidar o vereador tem também o objetivo de “trabalhar com a autarquia a aproximação das duas corporações”.

O vereador sublinhou também que câmara autarquia continuará a dar “apoio incondicional” aos bombeiros e anunciou que tem marcada uma iniciativa semelhante no quartel dos bombeiros voluntários de Alcanede, estando ainda por definir uma data para a corporação dos voluntários de Pernes.

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Santarém festeja, a 30 de outubro, o seu 140.º aniversário, sendo a segunda corporação mais antiga do país, a seguir aos voluntários de Lisboa.

Segundo Paulo Santos, “apesar das dificuldades financeiras, a corporação tem capacidade operacional para ir respondendo aos pedidos de socorro que recebe”.

O comandante lamenta apenas que a Autoridade Nacional de Proteção Civil não tenha ainda disponibilizado uma verba para pagar o arranjo de um veículo de combate a incêndio que ficou destruído no verão passado e que ainda não foi substituído.

Fonte: Lusa/noticias.sapo

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 03:38


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  





Tags

mais tags