Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Quinta-feira, 10.02.11

Despedimentos nos Corpos de Bombeiros

As corporações de bombeiros
viram o número de serviços reduzido
quase na sua totalidade
As corporações de bombeiros ameaçam partir para o despedimento dos funcionários caso não seja revogado o despacho que permite os cortes nas credenciais para o transporte dos doentes que ganhem mais do que o salário mínimo. Há associações, como as de Montemor-o-Novo e Portel, que viram o número de serviços diários baixar de 15 para um.

"Estamos a viver uma situação insustentável. Se a medida não for alterada ficamos sem soluções e teremos que partir para o despedimento de bombeiros e para a venda de ambulâncias", frisou ao CM João Coelho, comandante dos bombeiros de Montemor. O responsável lembra que nos últimos anos foi contratado pessoal e adquiridas novas viaturas, para fazer face às necessidade dos doentes. "Agora, está tudo parado".
Situação dramática vive também a associação de bombeiros de Portel. Conta com um quadro de 22 funcionários. "Se isto continuar assim durante mais um mês, não me resta alternativa senão despedir as pessoas e fechar as portas", refere o comandante, José Campaniço.
A Liga dos Bombeiros Portugueses reuniu-se ontem com a ministra da Saúde, Ana Jorge, para discutir a regulamentação do transporte de doentes. O Ministério reconhece "a importância dos bombeiros no transporte de doentes não urgentes". A negociação prossegue 2ª-feira.

in: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 09:33


Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728




Tags

mais tags