Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Terça-feira, 27.03.12

Centenas assistem a funeral de militar do GIPS

Bruno Santos, militar do Grupo de Intervenção de Protecção e Socorro, (GIPS) foi esta terça-feira sepultado no cemitério de Queirã, em Vouzela.


Cerca de 1000 pessoas prestaram a última homenagem ao militar que não resistiu aos ferimentos graves, provocados por um atropelamento, quando combatia um incêndio que lavrava na freguesia de Campo, em Viseu.
Familiares, amigos, elementos da Protecção Civil, corporações de Bombeiros de todo o distrito e militares dos GIPS despediram-se de Bruno lavados em lágrimas. Quem também marcou presença no funeral do homem de 31 anos foi Miguel Macedo. O Ministro da Administração Interna transmitiu palavras de esperança e consolo à família do militar.
“O meu irmão foi um verdadeiro herói”, disse emocionado António Santos, irmão mais velho de Bruno. O familiar agradeceu todo o apoio recebido de Portugal e do estrangeiro. “Há uma corrente de oração muito forte que começa em Fátima e termina no coração de todos que nos têm ajudado”, disse ao CM.
Momentos antes dos médicos desligarem a máquina que separava Bruno entre a vida e a morte, os familiares autorizaram a doação de órgãos para salvar outras vidas. Facto, que foi enaltecido durante a missa, pelo padre Armando.
“Meu Bruno, nunca mais te vou ver”, gritou a mãe do militar no último adeus. O pai, também havia sido militar e encontra-se em situação de reserva.  
Bruno Santos tinha entrado para os GIPS em 2006 e estava na unidade de Viseu desde 2007. Deixa a mulher Sílvia Santos e uma criança de um ano.

Fonte: Correio da Manha

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 22:56



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031




Tags

mais tags