Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Domingo, 08.05.11

Acordo Laboral e Formação dos Bombeiros Açorianos são Referência Nacional

Os Açores são um exemplo nacional ao nível da formação e qualificação do corpo de bombeiros e ao nível do acordo de trabalho com os tripulantes de ambulâncias.

Isso mesmo constatou hoje o Presidente da Associação Nacional dos Bombeiros Profissionais (ANBP) que reuniu, esta tarde, com o Secretário Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos.

O encontro visava dar a conhecer a realidade dos bombeiros e do Serviço Regional de Protecção Civil açorianos à ANBP.

Em declarações aos jornalistas, José Contente sublinhou que os Açores têm um sistema próprio ao nível da emergência médica, devidamente regulamentado, para o qual anualmente o Governo Regional dispensa uma verba na ordem dos 3,7 milhões de euros. “Há uma portaria regional do trabalho que regula a emergência médica, os tripulantes de ambulância e prevê toda a formação de que necessitam”, acrescentou.

“Nos Açores, ao contrário do que se passa no país, é o Governo Regional que financia as actividade dos bombeiros da Região, ao nível dos quartéis, equipamentos, viaturas, ambulâncias e da própria formação, e isso significa que temos um sistema próprio no qual investimos fortemente”, adiantou o governante.

O Secretário da tutela salientou ainda o desejo da ANBP de protocolar formação com o Governo dos Açores e o respectivo Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores, que têm dado provas de excelência ao nível nacional e internacional.

José Contente relembrou que a escola de formação de bombeiros na ilha Terceira “tem muitas valências, com grande capacidade e que tem muito trabalho feito com o país e com o estrangeiro”.

As qualificações das escolas de formação açorianas são devidamente certificadas por entidades competentes e prepara os bombeiros para o socorro às populações, “estão preparados para determinadas valências, sobretudo as que correspondem ao nosso enquadramento goedinâmico, mais importantes para dar segurança aos açorianos”, relembra José Contente, dizendo que, inclusive, uma delegação de bombeiros foi convidada a representar o país num importante exercício internacional que decorreu em Itália.

O Secretário Regional exortou, no entanto, as associações de bombeiros, enquanto entidades privadas de serviço público que têm contribuído para o bom desempenho dos bombeiros nos Açores, a "continuar a fazer o mesmo mas com menos recursos", indo de encontro ao já expresso pelo Presidente do Governo dos Açores.

O Presidente da ANBP, Fernando Curto, realçou que “a realidade laboral e de formação das Associações Humanitárias dos Açores é boa e melhor que a da Madeira e até do continente. É de realçar esta prerrogativa que empresta uma mais-valia aos bombeiros”, declarou.

fonte: ImprensaRegional

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 12:00


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2011

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031




Tags

mais tags