Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Quarta-feira, 20.04.11

Incêndios: queimar agora para não arder depois

A Autoridade Florestal Nacional (AFN) tem planos para queimar cerca de 100 hectares (ha) no distrito de Braga com recurso a fogo controlado.
Terras de Bouro, Póvoa de Lanhoso e Cabeceiras de Basto são os concelhos onde a AFN prevê intervir, logo que o tempo o permita.

As queimadas controladas são a resposta a diferentes necessidades.
O responsável da AFN pela prevenção estrutural no distrito de Braga, António Vivas, explica que em Terras de Bouro, na freguesia de Campo do Gerês, o fogo vai ser utilizado para criar faixas de protecção em redor das habitações.

Houve também pedidos de pastores para queimar para renovação de pastagens.
No concelho da  Póvoa de Lanhoso, vão ser queimadas algumas parcelas a pedido de caçadores e também a pedido de um particular.
Já em Cabeceiras de Basto, o objectivo é gerir perímetro florestal, pelo que a AFN vai queimar em zonas geridas pela própria Autoridade.

A AFN tem também acções previstas para o distrito de Viana do Castelo.
As acções de fogo controlado serão realizadas pelos três técnicos credenciados da AFN na região norte, com o apoio das equipas de sapadores florestais, bombeiros e Grupo de Intervenção de Protecção e Socorro (GIPS) da GNR.

Este tipo de intervenção é uma forma de prevenir incêndios florestais, mas exige determinadas condições para ser realizada.

por Teresa M. Costa
fonte: CorreiodoMinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 20:01


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2011

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930




Tags

mais tags