Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Segunda-feira, 17.01.11

“Fomos traídos pelo Ministério da Saúde”


Duarte Caldeira, Presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, fala sobre restrições ao transporte de doentes.


Correio da Manhã – Qual a objecção dos bombeiros ao despacho que exige aos doentes não urgentes declaração médica e prova de pobreza para terem transporte de ambulância?

Duarte Caldeira – O despacho não diz como e quem é que declara a insuficiência económica, e isso gerou uma situação anárquica, com cada centro de saúde a interpretar à sua maneira.

– O que vai fazer a Liga?

– Suspendemos o trabalho conjunto com o Ministério da Saúde, porque fomos traídos. Quando estávamos a negociar alterações ao regulamento de transporte de doentes, fomos surpreendidos com este despacho. E vamos reunir em congresso extraordinário para tomar uma posição forte. Vamos promover uma petição a enviar ao Parlamento e pedimos audiências aos grupos parlamentares.

– O Governo diz que gasta 200 milhões de euros em transportes e que há irregularidades.

– Já confrontámos o secretário de Estado Óscar Gaspar e ele alegou que o grosso das irregularidades não se refere aos bombeiros mas a quem usa carro e debita quilómetros, por isso não percebemos.

in: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 04:38



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031




Tags

mais tags