Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Sexta-feira, 31.12.10

Viseu: Quartel dos Voluntários com Problema Resolvido

Os Bombeiros Voluntários de Viseu já receberam autorização por parte da Estradas de Portugal para avançarem com a construção de um acesso ao novo quartel, em Travassós de Baixo, a partir do antigo IP5.

A poucos dias de terminar o ano de 2010 e no dia em que as obras de construção do futuro quartel dos Bombeiros Voluntários de Viseu foram dadas como terminadas - ontem chegaram as letras enormes que irão identificar o quartel - o presidente da direcção da Associação dos Bombeiros Voluntários de Viseu confirmou ao Diário de Viseu que a Estradas de Portugal acedeu ao pedido de o acesso às instalações ser feito a partir do antigo IP5.

Paulo Correia mostrou-se muito satisfeito por, após diversas reuniões com a Estradas de Portugal e nas quais participou também a Câmara Municipal de Viseu, a instituição pública ter finalmente dado 'luz verde', colocando assim um ponto final a um diferendo que durava há vários meses e que colocava em risco a utilização do novo quartel.

"O vice-presidente da Estradas de Portugal deu-me a sua palavra e as pessoas só têm uma palavra", sublinhou o presidente da direcção, que nos últimos três anos tem trabalho para tornar realidade aquele sonho antigo da corporação de contar com instalações modernas e com espaço para todas as viaturas.

"Como nós temos de fazer a parada, poderemos fazer já tudo de uma vez, poupando assim algum dinheiro", adiantou, lembrando que basta rasgar o talude, que separa o antigo IP5 do quartel para avançar com a construção do acesso.

No que diz respeito ao financiamento da obra do acesso, Paulo Correia espera que o Estado contribua, dando assim uma prenda à corporação que comemora o seu 125.º aniversário.

"Não podem ser sempre os mesmos a pagar a conta. O quartel está a ser construído com fundos comunitários, resultantes de uma candidatura ao QREN feita pelos bombeiros, e verbas da Câmara Municipal de Viseu".

Na opinião do responsável, o Estado poderia dessa forma reconhecer o trabalho desenvolvido ao longo de mais de um século em prol da população, recordando que os Voluntários também já ofereceram espaço para a instalação do Centro Nacional de Operações e Socorro alternativo e que assinaram um protocolo com o INEM para ficar com as ambulâncias de emergência que saíram dos Bombeiros Municipais de Viseu. De acordo com Paulo Correia, o acesso será muito idêntico aos das estações de serviço.

"Haverá uma faixa de desaceleração e de aceleração. Sinais luminosos irão alertar os automobilistas para a saída de viaturas de emergência e uma cancela assegurará que o acesso só é usado por veículos dos bombeiros", explicou.

in: Diário de Viseu

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 02:42



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2010

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031




Tags

mais tags