Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Domingo, 28.08.11

Ministério da Saúde recusa responsabilidade no fecho do hospital da Régua

O Ministério da Saúde recusou, sexta-feira, responsabilidade no encerramento do Hospital da Régua, previsto até Dezembro, referindo que se trata de uma decisão do anterior Governo socialista.

Através de uma nota enviada à Agência Lusa, fonte do Ministério da Saúde afirmou que a "decisão do encerramento do Hospital D. Luís I, na Régua, não foi da responsabilidade do actual ministro da Saúde", Paulo Macedo.

A reacção do ministério surge depois do pedido de esclarecimentos ao Governo feito pelos deputados do PS eleitos pelo círculo eleitoral de Vila Real.

O ex-ministro socialista Pedro Silva Pereira e Rui Santos querem saber se o Ministério da Saúde tem a intenção, no seguimento da "sua política de contração da despesa", de encerrar o Hospital da Régua e se está prevista a deslocalização do Centro Oftalmológico para o novo Hospital de Lamego, que deverá entrar em funcionamento em Janeiro de 2012.

A Câmara da Régua disse na quinta-feira ter sido surpreendida pela decisão ministerial de encerrar entre Outubro e Dezembro o Hospital D. Luís I, uma unidade que diz ter "uma população alvo de cerca de 50 mil utentes".
A autarquia liderada pelo social-democrata Nuno Gonçalves lamentou ter tomado conhecimento do encerramento do hospital "apenas por terceiros e na altura em que a mesma foi comunicada em reunião aos funcionários do hospital".

Fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 18:42


Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  





Tags

mais tags