Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Quarta-feira, 13.07.11

Número de Incêndios em Junho Foi o Mais Alto Desde 2006

Há já cinco anos que Portugal continental não via um mês de Junho com tantos incêndios, com 3172 fogos, segundo o Instituto de Meteorologia. Ainda assim, a área ardida foi inferior à de 2006.
Em Junho arderam 2600 hectares, quando no mesmo mês de 2006, a extensão de área ardida foi de 6480 hectares, informa o Relatório de Risco de Incêndio divulgado ontem pelo Instituto do Meteorologia (IM).

O risco de incêndio em Junho foi “um pouco inferior ao de Junho de 2006”. Na segunda metade do mês, este risco aumentou para as classes moderado a elevado, especialmente no interior Centro (Coimbra e Leiria) e em Monchique. Esta classe de risco é explicada por uma “temperatura do ar muito alta e humidade relativa baixa, conjuntamente com um risco conjuntural elevado”, informa o IM.

Para ajudar a explicar este cenário, o IM acrescenta que Junho foi um mês “seco a extremamente seco em quase todo o território”, dado que choveu menos em Junho do que a média de 1971-2000 (6.0mm em comparação com os 32.2mm). As excepções foram alguns locais do interior do Alentejo, “onde foi chuvoso devido à ocorrência de aguaceiros muito localizados”.

Além disso, o valor médio da temperatura máxima e média do ar foi superior à média de 1971-2000, registando-se o valor mais elevado, 41,3ºC, no Pinhão.

por Helena Geraldes
fonte: Público

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 12:45



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2011

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31




Tags

mais tags