Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Quarta-feira, 03.08.11

Vieira do Minho: Bombeiros Denunciam Problemas com Transporte de Doentes na Região

Em comunicado recentemente divulgado, os Bombeiros Voluntários de Vieira do Minho denunciam a renuncia do Centro de Saúde local em justificar o transporte de doentes em ambulância e ao mesmo tempo a não atender situações consideradas não urgentes e menos graves.

De acordo com os Bombeiros Voluntários de Vieira do Minho, o Centro de Saúde de Vieira do Minho está a recusar-se a justificar o transporte de doentes em ambulância. Em comunicado recentemente difundido, os bombeiros falam ainda da recusa em atender situações consideradas não urgentes ou menos graves.

As novas regras impostas na região chegaram há poucos dias ao corpo de bombeiros, que foi informado que qualquer transporte em ambulância que não seja considerado justificado como emergência pela central 112 será pago pelos utentes. Na mesma informação, constava que as situações consideradas não urgentes e menos graves terão de ser conduzidas directamente para o Hospital Distrital em Braga. Estas situações são denunciadas pelo corpo de bombeiros que mostra preocupação pelos utentes.

fonte: Bombeiros de Portugal
 
Segundo a Rádio Alto Ave, a 25 de Julho 2011:
 
Bombeiros com preocupações manifestadas em comunicado a propósito de recentes de instruções do ACES da Cabreira e Gerez sobre o transporte de doentes
O Centro de Saúde de Viera do Minho, seguindo instruções do ACES da Cabreira Geres recusa-se a justificar o transporte de doentes em ambulância e ao mesmo tempo a não atender situações consideradas não urgentes e menos graves. A denúncia é feita pelos Bombeiros Voluntários de Vieira do Minho.
A Associação Humanitária reage em comunicado depois de esta semana ter sido informada das alterações.
Depois do encerramento do SAP, os Bombeiros de Vieira do Minho foram esta semana surpreendidos com a comunicação verbal e telefónica de que o SNS não iria assumir o pagamento do transporte de doentes não urgentes em ambulância
Assim e a partir desta semana, qualquer transporte em ambulância solicitado aos Bombeiros e que não seja considerado justificado como emergência pela central CODU do INEM ( 112 ) , terá de ser obrigatoriamente suportado pelos utentes. Os Bombeiros foram ainda informados que mesmo as situações consideradas não urgentes e menos graves terão de ser dirigidas não para o Centro de Saúde de Vieira do Minho, mas directamente para o Hospital Distrital em Braga
Tal facto está a preocupar os Bombeiros de Vieira do Minho, pois já frequentemente existem situações em que os utentes, quando lhes é colocada a situação do pagamento do transporte, preferem tentar “aguentar” as dores no seu domicílio ou aguardar por consulta nos dias seguintes no médico de família.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 15:28


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  





Tags

mais tags