Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Quinta-feira, 29.03.12

Penela: Fogo ameaçou aldeias e obrigou à retirada dos moradores

Utentes da Unidade de Cuidados Continuados de Serradas da Freixiosa foram transportados para a sede de concelho, enquanto o IC3 era cortado ao trânsito

O concelho de Penela foi fustigado ontem pelo maior incêndio dos últimos anos, que ameaçou várias aldeias da Serra do Espinhal, cujos habitantes tiveram de ser retirados, por precaução, assim como os 58 utentes da Unidade de Cuidados Continuados de Serradas da Freixiosa, local onde se concentrava a maior parte dos meios de combate ao fim da tarde.
Das aldeias de Casalinho, Porto da Vila, Carvalhais e Farelo, foram retirados 12 idosos e acamados que foram encaminhadas para o Centro de Saúde, que se manteve aberto toda a noite. Os restantes habitantes, em número desconhecido, ficaram em casa de familiares.

por José Carlos Salgueiro
fonte: DC

Incêndio: Habitantes de Penela retirados “por precaução” de pelo menos quatro povoações

Vários habitantes de, pelo menos, quatro povoações de Penela foram hoje retirados das suas casas pelas autoridades, devido ao incêndio florestal que lavra no concelho, disse fonte da Proteção Civil municipal.

“Tirámos as pessoas por precaução, porque o fogo estava muito perto”, disse à agência Lusa José Carlos Reis, do serviço municipal de Proteção Civil de Penela. O responsável adiantou que foram retirados habitantes das povoações de Casalinho, Porto da Vila, Carvalhais e Farelo.

De acordo com a fonte, 12 pessoas, na sua maioria idosos e acamados, foram transportados ao Centro de Saúde de Penela e serão acolhidos pela Misericórdia local. Os restantes, em número que não soube precisar, foram acolhidos por familiares.

Segundo José Carlos Reis o incêndio mantém-se ativo e “praticamente incontrolável”, evoluindo “por força do vento forte” numa zona de floresta com relevo muito acentuado, disse.

Segundo os dados disponibilizados pela página da internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) o fogo, que deflagrou às 12H30 em São João do Deserto, está a ser combatido por 251 homens, auxiliados por 66 viaturas e dois helicópteros.


Texto de agência Lusa

por Rute Melo
fonte: asBeiras.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 00:00


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031




Tags

mais tags